31 de janeiro de 2015

Cenas do Presídio Romão Gomes, em São Paulo

O dia a dia dos presos militares revela comodidades inacessíveis a detentos de outras instituições

Numa sala ampla com cadeiras estofadas, são celebrados os cultos evangélicos e as missas católicas. Duas vezes por semana, há sessões de cinema
Numa sala ampla com cadeiras estofadas, são celebrados os cultos evangélicos e as missas católicas. Duas vezes por semana, há sessões de cinemaCrédito: Rogério Cassimiro/ Época
Além das empresas terceirizadas, como a de componentes eletrônicos, os presos podem trabalhar no refeitório, na horta, no apiário, na jardinagem ou no lava rápido que atende os visitantes
Os detentos condenados são obrigados a trabalhar no presídio. Para cada três dias de trabalho, ganham um dia de remissão da pena. Na foto, os cartões de ponto que controlam a saída e a entradaCrédito: Rogério Cassimiro/ Época
Os detentos com bom comportamento trocam as celas com trava por alojamentos abertos. Ali, leem jornal e assistem à programação da TV aberta
Os detentos com bom comportamento trocam as celas com trava por alojamentos abertos. Ali, leem jornal e assistem à programação da TV abertaCrédito: Rogério Cassimiro/ Época
Todas as celas do Romão Gomes têm banheiro próprio, com vaso sanitário e chuveiro quente
Todas as celas do Romão Gomes têm banheiro próprio, com vaso sanitário e chuveiro quenteCrédito: Rogério Cassimiro/ Época
Cada quadrado do painel corresponde a uma cela da ala feminina do presídio, hoje vazia
Cada quadrado do painel corresponde a uma cela da ala feminina do presídio, hoje vaziaCrédito: Rogério Cassimiro/ Época
Num dos pátios do Romão Gomes, os presos tomam sol, fazem exercícios físicos e jogam xadrez
Num dos pátios do Romão Gomes, os presos tomam sol, fazem exercícios físicos e jogam xadrezCrédito: Rogério Cassimiro/ Época
No espaço para visitas, uma piscina de bolinhas distrai os filhos dos detentos
No espaço para visitas, uma piscina de bolinhas distrai os filhos dos detentosCrédito: Rogério Cassimiro/ Época
Rodeados por uma área de Mata Atlântica, os presos cultivam verduras orgânicas que são vendidas na loja ao lado da cadeia
Além das empresas terceirizadas, como a de componentes eletrônicos, os presos podem trabalhar no refeitório, na horta, no apiário, na jardinagem ou no lava rápido que atende os visitantesCrédito: Rogério Cassimiro/ Época
Inquilino mais antigo do Romão Gomes, este ex-policial está preso há 10 anos. Ele responde por seis crimes que envolvem homicídio
Inquilino mais antigo do Romão Gomes, este ex-policial está preso há 10 anos. Ele responde por seis crimes que envolvem homicídioCrédito: Rogério Cassimiro/ Época
RSS

Fotos do Dia - 31 de janeiro de 2015


Children play under the water that they manage to spill over from a water tank, to cool off from the summer heat, at the Alemao Complex slum in Rio de Janeiro, Brazil, Thursday, Jan. 29, 2015. State Environment Secretary Andre Correa acknowledged the regi
Crianças brincam em respingo de caixa d´água no Complexo do Alemão no Rio de JaneiroCrédito: AP
Serena Williams of the U.S. celebrates after defeating Maria Sharapova of Russia in their women's singles final at the Australian Open tennis championship in Melbourne, Australia, Saturday, Jan. 31, 2015. (AP Photo/Lee Jin-man)
Serena Williams comemoraa vitória sobre a russa Maria Sharapova na final do campeonato de tênis Australia OpenCrédito: AP
Podemos leader Pablo Iglesias speaks from the stage, as people gather in the main square of Madrid during a Podemos (We Can) party march in Madrid, Spain, Saturday, Jan. 31, 2015. Tens of thousands of people, possibly more, are marching through Madrid
Milhares de pessoas se reúnem nas ruas de Madri para apoiar o partido esquerdista Podemos, que espera alcançar o poder nas eleições deste anoCrédito: AP
Supporter of the lesbian, gay, bisexual and transgender community wave a rainbow flag during a gay pride parade in Mumbai, India, Saturday, Jan. 31, 2015. Gay rights supporters waved flags and danced during the march to celebrate gay pride and to push for
Militantes da causa LGBT seguram a bandeira do arco-íris durante a parada gay em Mumbai, na Índia. Eles esperam pressionar pelo fim da lei da era colonial – ainda em vigor – que faz com que homossexualidade seja um crimeCrédito: AP
In this picture taken Friday, Jan. 30, 2015, a Syrian Kurdish sniper sits among the rubble in the Syrian city of Ain al-Arab, also known as Kobani, Syria. The Islamic State group has acknowledged for the first time that its fighters have been defeated in
Um atirador curdo senta-se em entulho na cidade de Kobani, na Síria. O grupo rebelde curso conseguiu vencer as tropas do Estado Islâmico que ocupavam a áreaCrédito: AP
Um búlgaro dançarino participa do Festival Internacional de Mascarados na cidade de Pernik, na Bulgária. A tradição vem de um rito pagão em que homens fantasiados, alguns em pele de carneiro ou outras roupas coloridas, sinos e máscaras, que andam por aí e dançam para espantar os maus espíritos, na esperança de proporcionar uma boa colheita, saúde, fertilidade e felicidadeCrédito: AP
An Indian woman and her children cover their faces with masks as preventive measures against swine flu inside Gandhi Hospital premise in Hyderabad, India, Saturday, Jan. 31, 2015. Swine flu has claimed more than 20 lives in the Hyderabad region in the mon
Uma mulher indiana e seu filho cobrem os rostos com máscaras para evitar a surta de gripe suína dentro do Hospital Gandhi em Hyderabad, na Índia. Segundo fontes locais, 20 pessoas já morreram por causa da doença em janeiroCrédito: AP

Filha de Whitney Houston é encontrada 


inconsciente na banheira, diz site

D UOL, em São Paulo*
  • Reprodução
    Bobbi Kristina Brown, filha de Whitney Houston
    Bobbi Kristina Brown, filha de Whitney Houston
A filha de Whitney Houston, Bobbi Kristina, 21 anos, foi encontrada inconsciente na banheira de sua casa na Geórgia, nos Estados Unidos, neste sábado (31). Segundo fontes próximas da família, a jovem está em coma induzido por conta de um edema cerebral. As informações são do site TMZ.
O marido da jovem, Nick Gordon, e um amigo do casal teriam localizado o corpo de Bobbi e tentado reanimá-la. Assim que a polícia e os paramédicos chegaram, eles reanimaram a jovem e a levaram para um hospital de Atlanta. Ainda não se sabe o motivo pelo qual Bobbi estava desacordada. 
Lisa Holland, porta-voz do departamento de polícia de Atlanta, afirmou que Bobbi está viva. "Neste momento, ela ainda está viva no hospital", afirmou.
A mãe da cantora Whitney Houston, Cissy, já tinha dito que estava com medo de que a neta morresse como a cantora, usando drogas e sob más influências. Cissy pretendia impedir a neta de ter acesso aos milhões de dólares que herdaria de Whitney. As informações também são do site TMZ.
Fontes próximas a Cissy dizem que ela acha que Bobbi está rodeada por inúmeras influências negativas, incluindo seu namorado Nick Gordon  e o pai, Bobby Brown. 
Em fevereiro de 2012, o corpo de Whitney Houston foi encontrado na banheira de um hotel em Beverly Hills pelos paramédicos. A cantora  morreu afogada após ingerir um coquetel de drogas e álcool, informaram os médicos forenses de Los Angeles. 
*Com informações da Associated Press
Leia mais em: http://zip.net/bjqH1X

Anitta está queimando seu filme com superexposição na TV

Colunas - Flavio Ricco
  • Felipe Souto Maior/AgNews
    Anitta faz show especial em Salvador
    Anitta faz show especial em Salvador
Alguns artistas, especialmente cantores, não têm a medida do quanto podem se expor nos programas de televisão e do perigo que isto acaba representando na imagem de cada um.
Para tudo, e para o caso em questão, a palavra chave é parcimônia.
Até bem pouco tempo se criticava o cantor Thiaguinho por suas inúmeras aparições em vídeos, especialmente nos canais Globo. Hoje, percebe-se, que ele reduziu bastante o número de aparecimentos. Está, agora, bem próximo do mínimo necessário.
O mesmo, no entanto, não se verifica com muitos outros ou com a cantora Anitta, em particular. É uma presença que cansa, tamanho o exagero, novamente revelando a fragilidade ou a pouca experiência da equipe que trabalha atrás dela. A televisão, da mesma maneira que contribui extraordinariamente para divulgar o trabalho de cada um, é a que também possui o caminho mais curto para desgastar ou arruinar a imagem dos menos cuidadosos. A superexposição nunca foi e nunca irá apresentar algum benefício. Ao contrário.

Primeiro contato
Rodolpho Gamberini esteve na Rede TV! em reunião com Franz Vacek, do Jornalismo e Esporte.
Foi uma primeira conversa. Gamberini tem a ideia de apresentar um programa de debates.

Meio assim
Divulgação/Record
Marcelo Rezende à frente do "Cidade Alerta", da Record

Já foram melhores as relações de Marcelo Rezende com a Record. Nem ele, nem ninguém, fala nada, mas tem alguma coisa pegando.
E alguma coisa pegando naquilo que diz respeito ao seu segundo programa, o "Corta pra mim".

Ordem na casa
O Jornalismo é, hoje, com 11 horas de programação ao vivo, o grande negócio da Record. O que mais fatura e o produto de maior audiência.
Louve-se aí o trabalho e a dedicação de Douglas Tavolaro, que dirige uma equipe de mais de 700 pessoas.

Faz por merecer
Estevam Avellar/Globo
O ator Roberto Pirillo como Dr. Merival em "Império"
Graças ao seu bom desempenho, sempre correto em todas as cenas, Aguinaldo Silva resolveu aumentar a participação do ator Roberto Pirillo de "Império".
É o caso típico de quem se valeu bem da oportunidade oferecida.

Tanto é assim...
Que o personagem Merival, advogado interpretado pelo Pirillo, ganhará uma importância ainda maior na sequência dos próximos capítulos.
Toda uma onda de mistério irá se debruçar sobre ele a partir de agora.

Coisa de cinema - 1
Reprodução/Gshow
Em "Felizes para Sempre", Cláudio (Henrique Diaz) convence a mulher, Marília (Maria Fernanda Cândido), a se encontrar com Danny Bond (Paolla Oliveira
"Felizes para sempre?" não é só Paolla Oliveira. Até como obrigação se torna necessário destacar o excelente trabalho de direção e direção de fotografia da série
Na televisão poucas vezes se viu algo de tamanha qualidade.
Coisa de cinema – 2
Em muitas oportunidades, e os telespectadores mais atentos devem ter percebido, o diretor Fernando Meirelles se utilizou de drones para captação de cenas aéreas, com e sem participação do elenco.
Em uma delas, logo no começo do capítulo foi feita uma tomada em movimento entre as duas torres do Congresso Nacional, que só um aparelho desse seria capaz de captar. 
Previsão
O filme policial "Bala sem nome", com Paolla Oliveira, Leopoldo Pacheco, Sérgio Marone, Guta Ruiz e Ricardo Monastero, levará ainda mais três meses de pós-produção, segundo o diretor Felipe Cagno.
A trilha sonora inteira foi feita pelo compositor americano Jeff Rona. O longa será exibido em alguns festivais, antes de entrar em circuito.
Munir Chatack/Record
Day Mesquita, ex-Globo, fará a dançarina Yunet na primeira fase de "Os Dez Mandamentos", nova novela da Record. Na segunda fase, Adriana Garambone assumirá a personagem
"Sweet child"
A Globo mais uma vez marcou presença na feira Natpe, em Miami.
E uma produção, talvez a única, que chamou bastante a atenção dos interessados foi "Império", de Aguinaldo Silva. Ponto para o Comendador.       

Record está em busca
Há o interesse da Record em reforçar a equipe de repórteres do seu jornalismo.
Nomes de alguns profissionais, mesmo fora do circuito São Paulo – Rio, já estão sendo garimpados.
Bate – Rebate
  • Chegaram ao fim às férias de Sabrina Sato, na Record...
  • ... A apresentadora retoma as gravações do seu programa na próxima segunda-feira, dia 2.  
  • Daniela Albuquerque continua sem saber o sexo do seu bebê...
  • ... As vésperas do parto, ela ainda não sabe se é menino ou menina...
  • ... Mas, mesmo sem revelar a ninguém, já tem os nomes escolhidos.
  • Kelly Key, destravada, será a entrevistada do "De frente com Gabi", neste domingo, no SBT.
  • Marília Pêra está totalmente recuperada do problema nos quadris e pronta para enfrentar as novas gravações de "Pé na Cova".
  • Ainda que tenha colocado de lado o nome de Adriane Galisteu, a Record ainda precisa chamar mais alguém para o "Programa da Tarde"...
  • ... Como a possibilidade de trazer Xuxa está cada dia mais distante, não haverá outra saída senão continuar com o programa...
  • ... E arrumar o que precisa ser arrumado.
C´est fini
A Globo estreia a segunda temporada do "Tá no Ar", dia 12, com os seus 10 episódios inteiramente gravados.
Paralelo a isso, a emissora se prepara para colocar no mercado a primeira temporada do programa em DVD, reunindo várias cenas inéditas. 

Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!
*Colaboração de José Carlos Nery
Leia mais em: http://zip.net/bwqHRN
Foto ousada


31.jan.2015 - Renata Frisson, que ficou conhecida como a Mulher Melão, postou uma foto ousada em seu Instagram. Usando uma calcinha preta bem cavada, a funkeira quase mostrou demais. Pela foto, a bela recebeu elogios dos fãs. "Você é maravilhosa, Melão", escreveu um dos seguidores Reprodução/Instagram
Leia mais em: http://zip.net/bwqH0w
RSS

A armadilha do cigarro eletrônico

JAIRO BOUER


Alguns novos estudos mostram que o cigarro eletrônico torna-se, nos Estados Unidos, mais popular que o cigarro tradicional, sobretudo entre os jovens. Isso pode se tornar tendência em outros países.

O primeiro trabalho, do Instituto Nacional de Abuso de Drogas (Nida), publicado em dezembro pelo jornal The New York Times, mediu o consumo de álcool e drogas de mais de 41 mil alunos americanos do ensino fundamental e médio, de quase 400 escolas públicas e privadas. A pesquisa mostrou que 17% dos estudantes do 12o ano (o equivalente ao nosso 3o ano do ensino médio) experimentaram cigarros eletrônicos no mês anterior à coleta dos dados, em comparação a 13,6% que tinham usado cigarros tradicionais. No 10o ano (o equivalente ao nosso 1o ano do ensino médio), a diferença foi ainda maior: 16% usaram cigarros eletrônicos, enquanto 7% fumaram os convencionais.

Em novembro, dados dos Centros de Controle de Doenças (CDC) indicavam um aumento de 2,8% para 4,5% dos jovens que fumavam cigarros eletrônicos nos EUA, de 2012 a 2013. 

Há quem afirme que o cigarro eletrônico ajuda quem quer parar de fumar. Tem menor concentração de nicotina e menos compostos tóxicos. Mas, pelo visto, não tem sido empregado pelos jovens com essa função. Com um apelo mais moderno e menos nocivo, o eletrônico ganha adeptos a cada dia. O problema é que ele também contém nicotina, o que poderia induzir os mais jovens, segundo alguns especialistas, a experimentar cigarros tradicionais e outras drogas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou, em agosto de 2014, a proibição do uso dos cigarros eletrônicos em ambientes fechados (pela falta de dados em relação a sua segurança), norma ainda não implantada em boa parte do mundo.

Outra pesquisa, do Centro de Câncer da Universidade do Havaí, publicada na revista médica Pediatrics em dezembro, mostrou que quase 30% de 1.900 adolescentes de 14 a 15 anos já experimentaram cigarros eletrônicos nos EUA. Desses, 17% usam o produto com frequência. Os dados mostram ainda que 12% dos jovens usam cigarro tradicional e cigarros eletrônicos, enquanto apenas 3% fumam exclusivamente os convencionais. Dois terços dos jovens consideram o eletrônico mais seguro.

Para os pesquisadores, o método pode estar “fisgando” mais jovens para o fumo. Já existiriam jovens dependentes de nicotina sem nunca ter experimentado um cigarro tradicional. Num mundo em que o consumo de cigarro convencional pelos jovens está caindo, chama a atenção o avanço do novo hábito. Quando se trata de jovens, a chance de dependência é sempre maior. O narguilé e o cigarro eletrônico deram ao velho cigarro uma roupagem moderna, mais descolada, segura e limpa. Mas ele continua a apresentar perigos para a saúde. 

Tomar bebidas açucaradas faz meninas 


menstruarem mais cedo, diz estudo

Do UOL, em São Paulo
  • Thinkstock
Além de influenciar no aumento do peso, bebidas açucaradas, como os refrigerantes, também podem afetar o ciclo menstrual. De acordo com um novo estudo publicado na revista científica "Human Reproduction", as meninas que frequentemente consomem bebidas açucaradas tendem a iniciar seus períodos menstruais mais cedo do que as meninas que não consomem essas bebidas.
Para examinar a relação entre as bebidas com açúcar e a idade em que as meninas têm sua primeira menstruação, os pesquisadores acompanharam 5.583 meninas, com idades entre 9 e 14 anos, entre 1996 e 2001 e descobriram que aquelas que bebiam mais de 1,5 porções de bebidas açucaradas por dia tiveram seu ciclo adiantado em 2,7 meses em comparação com as que consumiam duas porções ou menos dessas bebidas por semana.
Essa descoberta foi obtida independente do índice de massa corporal (IMC) das meninas, altura, ingestão total de alimentos e outros fatores de estilo de vida, como a atividade física.
As descobertas do estudo são consideradas importantes já que iniciar a menstruação mais cedo está ligado a um risco maior de desenvolver câncer de mama no futuro. Uma redução de um ano na idade da menarca -- primeira menstruação -- pode aumentar o risco de câncer de mama em 5%.
No momento da adesão ao estudo, nenhuma das meninas tinha iniciado seus períodos menstruais, mas até o final do estudo todas, exceto 3% (159), já tinham menstruado pela primeira vez.
Os pesquisadores usaram questionários para que as garotas anotassem sua dieta ao longo do dia, incluindo a frequência com que, em média, bebiam uma porção de diferentes tipos de bebidas: uma lata ou copo de refrigerante ou refrigerante diet, um copo de suco de frutas, ou um copo, lata ou garrafa de chá gelado adoçado. Todas essas bebidas têm açúcar adicionado sob a forma de sacarose, glicose, xarope de milho, etc., enquanto os refrigerantes e o chá gelado também contém cafeína.
Os pesquisadores investigaram também refrigerantes diet e sucos de frutas para avaliar o impacto de bebidas adoçadas artificialmente ou naturalmente, no entanto, esses dois tipos de bebidas não foram associados com nenhuma diferença na idade em que as meninas começaram seus períodos menstruais.
No entanto, em qualquer idade entre nove e 18 anos, as meninas que relataram consumir mais de 1,5 porções de bebidas adoçadas com açúcar por dia tiveram, em média, 24% mais chances de começar seu primeiro período menstrual antes das meninas que consumiram duas ou menos porções por semana, levando-se em conta os fatores que podem afetar a idade da primeira menstruação, como peso ao nascer, atividade física, raça ou etnia, estatura, frequência de jantar juntos como uma família e composição familiar. A idade média da primeira menstruação entre as meninas que consumiram as bebidas mais açucaradas foi de 12,8 anos, em comparação a 13 anos para as que bebem a quantidade "mínima" destas bebidas.
Os pesquisadores afirmam que as bebidas com adição de açúcar têm um índice glicêmico mais alto do que as adoçadas naturalmente, como sucos de frutas, e o alto teor glicêmico resulta em um rápido aumento nas concentrações de insulina no corpo. Essas concentrações mais elevadas podem resultar no aumento de hormônios sexuais, que causam grandes alterações no corpo, podendo até adiantar a menstruação.
Leia mais em: http://zip.net/btqH63