30 de abril de 2013

NOSSA MENSAGEM A VC TRABALHADOR !! ###

Dia do Trabalho

Gratuito, Cultura Inglesa Festival terá britânicos do The Magic Numbers

O vocalista do quarteto britânico, Romeo Stodart, que volta ao Brasil após seis anos Foto: Getty Images
O vocalista do quarteto britânico, Romeo Stodart, que volta ao Brasil após seis anos
Foto: Getty Images
Mantendo a tradição de trazer conhecidos nomes da música internacional para shows gratuitos no Brasil, a Cultura Inglesa confirmou, nesta segunda-feira (29), as atrações da 17ª edição do Cultura Inglesa Festival, que ocorre no próximo dia 23 de junho, em São Paulo.

Além da cantora inglesa Kate Nash, que já havia sido anunciada no evento no início do mês, os britânicos do The Magic Numbers foram confirmados no line-up do festival, que ainda terá o Bonde do Rolê - em uma homenagem à banda The Cure - e os grupos Stay Johnny e Mind the Gap, ambos formados por alunos e professores da escola de línguas.

É a segunda passagem do The Magic Numbers pelo Brasil - a primeira foi em 2007.

A novidade do evento para 2013 é que, depois dos problemas de lotação enfrentados no ano passado, o Cultura Inglesa Festival deixa o espaçoso Parque da Independência, no Ipiranga, zona sul de São Paulo, onde foi promovido nos dois últimos anos, e se muda para o acanhado Memorial da América Latina, na zona oeste da capital paulista.

Para quem não se lembra, no ano passado houve empurra-empurra, confusão, enfrentamento com a polícia e fechamento dos portões com um grande número de pessoas ainda na área externa do local do festival devido à lotação do parque. A banda escocesa Franz Ferdinand foi a atração principal do evento em 2012.

Em breve serão anunciados os procedimentos para retirada de ingressos, que, assim como ocorre anualmente, serão gratuitos.

Após cirurgia no coração, Zé Ramalho volta aos palcos em maio

Zé Ramalho teve alta no dia 9 de março Foto: TV Globo / Divulgação
Zé Ramalho teve alta no dia 9 de março
Foto: TV Globo / Divulgação
Zé Ramalho voltará aos palcos em maio, após se submeter uma cirurgia no coração no mês passado. O canto se apresenta nos dias 17, 18 e 19 de maio nas cidades de Santa Cruz do Sul (RS), Porto Alegre (RS) e Novo Hamburgo (RS), respectivamente. No dia 29, chega em Brasília (DF), e no dia 31, em Curitiba (PR). 

Zé Ramalho teve alta do Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, no dia 9 de março. O motivo da internação foi um quadro de angina instável, uma dor ou desconforto no peito quando os músculos cardíacos não recebem sangue suficiente. Após a identificação de lesões por meio de um cateterismo, ele foi submetido a uma revascualização miocárdica, realizada pela equipe do cirurgião cardiovascular Valdo Carreira.

29 de abril de 2013

Dominguinhos continua internado; não há previsão de alta

 Foto: Divulgação 
Foto: Divulgação
De acordo com boletim médico divulgado neste sábado (22), o cantor e compositor Dominguinhos, de 71 anos, segue internado no Centro de Terapia Intenciva (CTI) do Hospital Santa Joana, no Recife (PE). Mantém-se em cuidados intensivos, utilizando antimicrobianos, está sedado e em assistência ventilatória mecânica, porém com estabilidade dos parâmetros clínicos.

Ainda segundo informações do hospital,  não há programação de modificação de condutas terapêuticas atuais nas próximas 48 horas. O músico foi  internado na última segunda-feira (17) com infecção respiratória e a arritmia cardíaca.

Julgamento apura responsabilidade de AEG Live na morte de Michael Jackson

Michael Jackson durante o lançamento da turnê 'Is This It'. Ele morreu antes dos shows Foto: Getty Images
Michael Jackson durante o lançamento da turnê 'Is This It'. Ele morreu antes dos shows
Foto: Getty Images
Quase quatro anos depois de sua morte chocante, a vida bizarra de Michael Jackson vai estar novamente exposta no julgamento civil de US$ 40 bilhões, que coloca em lados opostos a família do cantor e os organizadores de seu retorno musical que nunca aconteceu.

As declarações iniciais do julgamento, que se espera ser emocional e durar três meses, estão marcadas para segunda-feira (29). O objetivo da ação é apurar a responsabilidade da empresa AEG Live, promotora da série de concertos que seria realizada em Londres em 2009, pela morte do cantor de Thriller.

A ação, aberta pela mãe de Michael, Katherine Jackson, em nome dos três filhos do cantor, alega que a empresa de capital fechado AEG Live foi negligente ao contratar o médico, condenado em 2011 por homicídio culposo involuntário, para cuidar do cantor, enquanto ele ensaiava para a série de 50 shows.

Jackson, 50 anos, afogado em dívidas e procurando reconstruir uma reputação danificada por seu julgamento e absolvição em 2005 por abuso sexual infantil, morreu em Los Angeles de uma overdose do poderoso anestésico cirúrgico propofol e um coquetel de outros sedativos em junho de 2009.

Seu médico pessoal, o doutor Conrad Murray, está cumprindo pena de quatro anos de prisão, depois de ter sido condenado por negligência criminosa por administrar propofol a Jackson como sonífero.

O julgamento de seis semanas de Murray em 2011 retratou a ex-estrela infantil, conhecido por seus impressionantes movimentos de dança e espetaculares performances públicas, como um homem drogado fora do palco, que dormia com uma boneca de brinquedo em sua cama, e cuja turnê de retorno foi assolada por problemas.

O julgamento civil em Los Angeles deverá ser também sensacionalista, apesar de ter sido recusado o pedido das redes de TV para cobertura ao vivo.

AEG Live afirma que não contratou ou supervisionou Murray e que Jackson tinha problemas com drogas prescritas anos antes de fechar qualquer acordo para os concertos em Londres This is It. Os promotores dos concertos também argumentam que não poderiam ter previsto que Murray se tornaria um perigo para Jackson.

McCartney faz mistério sobre inéditas no Brasil: "deixa ser surpresa"

Paul McCartney abre turnê 'Out There' no sábado (4), em Belo Horizonte Foto: Divulgação
Paul McCartney abre turnê 'Out There' no sábado (4), em Belo Horizonte
Foto: Divulgação
Paul McCartney está prestes a tocar no Brasil pelo quarto ano seguido. No próximo sábado (4), o cantor abre sua nova turnê, Out There, com um show em Belo Horizonte, no Mineirão. Em entrevista ao Fantástico deste domingo (28), o ex-Beatle disse que ainda não sabe se tocará músicas inéditas, de seu novo disco, produzido por Mark Ronson, nos shows brasileiros. "Uns dizem toca, outros não. Com a quantidade de celulares com câmera nos shows hoje, a música vai logo se espalhar. Mas talvez...", disse. "Deixa ser uma surpresa!"

Se tem uma coisa que os fãs podem esperar, no entanto, é ao menos um "uai". Paul diz que faz questão de aprender novas expressões em cada lugar que passa. "Passamos o som, eu me arrumo, a tradutora entra e eu pergunto: como se diz 'é ótimo estar aqui em... Florianópolis?' Ou 'como as pessoas dizem isso no Rio?' Eu anoto, treino e deixo como cola no chão durante o show", contou. OUtra certeza serão músicas como Let It Be e Hey Jude, inalteráveis em todos os shows. "Não posso fazer um show e não tocar Let It Be, ou Hey Jude. Todo mundo está esperando que eu toque e funciona", diz, garantindo que não há músicas que não aguente mais tocar no setlist. "A gente simplesmente não toca o que eu não aguento mais", brinca. Já a atual música favorita nos shows é My Valentine, composta em homenagem a Nancy Shevell, com quem Paul se casou em 2011.

28 de abril de 2013

Cantora bate recorde de 50 anos dos Beatles nas paradas britânicas

Emeli Sandé Foto: Getty Images
Emeli Sandé
Foto: Getty Images
 
A cantora britânica de soul e R&B Emeli Sandé desbancou os Beatles e conquistou neste domingo um feito inédito na história das paradas do Reino Unido. Seu disco de estreia, intitulado Our Version of Events, foi o que permaneceu por mais semanas consecutivas na lista oficial dos 10 álbums de estreia mais vendidos do país.

O álbum foi lançado em fevereiro de 2012 e se tornou o mais vendido já naquele ano. Desde então, o disco de estreia da cantora, nascida no norte da Inglaterra, mas criada na Escócia, não saiu da lista, permanecendo nela por 63 semanas.

O recorde anterior pertenceu aos Beatles por quase 50 anos com Please Please Me. O álbum de estreia da banda de Liverpool passou 62 semanas seguidas no Top 10 entre o seu lançamento, em 1963, e 1964.

Our Version Of Events vendeu mais de 1,8 milhão de cópias no Reino Unido e permaneceu na primeira posição do ranking dos 10 álbums mais vendidos por 10 semanas.

De pai zambiano e mãe inglesa, Emeli Sandé nasceu em 1987 em Suderland, no norte da Inglaterra e mudou-se aos quatro anos com a família para Alford, na Escócia.

Seu primeiro contato com a fama aconteceu ao vencer um concurso da BBC. Ela havia sido selecionada por meio de um vídeo enviado por sua irmã em que tocava piano.


27 de abril de 2013

Tribunal nega habeas corpus a integrante da banda Pussy Riot

Um tribunal russo rejeitou nesta sexta-feira a concessão de habeas corpus a uma artista da banda punk Pussy Riot para que ela pudesse cuidar da sua filha. Há oito meses, Nadezhda Tolokonnikova foi condenada a dois anos de prisão por ter participado de um protesto da banda contra o presidente russo, Vladimir Putin, na principal catedral ortodoxa de Moscou.

A artista, de 23 anos, cumpre pena por "vandalismo motivado por ódio religioso" em uma colônia penal a cerca de 550 quilômetros da capital. "Já passei tempo suficiente na colônia prisional. Já chega de estudá-la. Meio ano já é o bastante", disse Tolokonnikova, estudante de filosofia, ao juiz durante a audiência, segundo a agência de notícias jurídicas Rapsi.

Irina Khrunova, advogada da ré, alegou que a filha dela, de cinco anos, precisava dos cuidados da mãe. Tolokonnikova e duas colegas, Maria Alyokhina e Yekaterina Samutsevich, foram sentenciadas em agosto, após um julgamento amplamente apontado no exterior como sendo parte de uma campanha repressiva de Putin contra dissidentes. Samutsevich foi posteriormente libertada.

Após anemia e desidratação, Serguei recebe alta de hospital

O cantor desfilou pela Mocidade no Carnaval deste ano Foto: Dhavid Normando / Futura Press
O cantor desfilou pela Mocidade no Carnaval deste ano
Foto: Dhavid Normando / Futura Press
Sérgio Augusto Bustamante, conhecido como Serguei, recebeu alta do hospital Nossa Senhora Nazareth, em Saquarema, no Rio de Janeiro, na manhã deste sábado (27), informou o estebelecimento. O cantor de 79 anos havia sido internado na quinta-feira (25) com um com quadro de anemia, desidratação e desnutrição. O boletim médico não foi divulgado. 

Inicialmente Serguei ficaria no hospital até domingo, mas a alta foi antecipada pela equipe médica. “Não há nenhuma doença mais grave. Fizemos muitos testes, como tomografia,de HIV, e o resultado foi negativo para todos. A idade conta muito também, sem contar que ele tem uma artrose que não tratava e que estamos tratando agora”, disse o médico Rodrigo Lima na ocasião da internação.

No Facebook, André Roberto Costa, companheiro de Serguei na banda Pandemonium, negou que o cantor esteva passandp por dificuldades financeiras.  "Serguei recebe uma aposentadoria, além de uma remuneração da prefeitura de Saquarema", disse ele.

Considerado um dos roqueiros mais antigos do Brasil, Serguei ficou conhecido por ter um caso com a cantora Janis Joplin. Em 2009, ele lançou, ao lado da banda Pandemonium, o seu mais recente álbum, Bom Selvagem. Em 2012, Serguei abriu a Virada Cultural, realizada em São Paulo.

Michael Buble mistura canções tradicionais e originais em novo álbum

Michael Buble Foto: BangShowBiz / BangShowBiz
Michael Buble
Foto: BangShowBiz / BangShowBiz
Com um filho a caminho e um novo álbum com canções originais, Michael Buble está se aventurando em território desconhecido sem largar suas raízes pessoais ou artísticas. O To Be Loved, do cantor canadense de 37 anos, vem após seu álbum de 2011 Natal, e mistura tradicionais músicas do jazz, da Motown e até mesmo dos Bee Gees, com faixas escritas por Buble, bem como colaborações com Bryan Adams e Reese Witherspoon.

"Eu queria que tudo fosse comovente", disse Buble à Reuters. O álbum atingiu o primeiro lugar no Billboard do Reino Unido na semana de seu lançamento, em 15 de abril, e pode assumir o primeiro lugar nos EUA depois de estrear no país esta semana.

Buble disse que ele estava inspirado para escrever mais canções próprias, como o single It's a Beautiful Day, depois de receber uma resposta positiva às suas músicas originais anteriormente, como Haven't met you yet e Home.

Ainda assim, ele continua comprometido com os clássicos que o fizeram famoso. To Be Loved recebeu críticas em sua maioria positivas, especialmente para as faixas clássicas, embora alguns críticos tenham achado o álbum irregular.

Buble disse que seus mais importantes comentários vêm de seus fãs. O cantor já vendeu 45 milhões de álbuns ao longo de sua carreira.

26 de abril de 2013

Gravadora adia álbum de Susan Boyle para priorizar Adele

Susan Boyle já está preparando seu novo álbum, mas seu lançamento foi adiado Foto: Carlos Barria / Reuters
Susan Boyle já está preparando seu novo álbum, mas seu lançamento foi adiado
Foto: Carlos Barria / Reuters
Susan Boyle e Adele começaram a trabalhar em seus próximos álbuns, mas a gravadora Columbia, que tem as duas na lista, supostamente adiou o lançamento do novo álbum de Susan, fazendo da estrela de Skyfall sua prioridade.

“Tanto Adele quanto Susan têm trabalhado incrivelmente bem e ambas são artistas muito importantes. Mas, enquanto Susan ainda é uma grande aposta e há grandes esperanças para seu próximo álbum, Adele é a prioridade”, uma fonte disse ao jornal Daily Mirror.

"Nos EUA, ela nunca foi mais quente. Algumas das pessoas da equipe de Susan estão preocupadas que este não seja um bom sinal, mas os chefes da gravadora foram rápidos em tranquilizá-los dizendo que Susan ainda tem um futuro extremamente brilhante", completou.

Acredita-se que Adele, 24 anos, vai lançar seu terceiro álbum de estúdio em meados de 2014, e ela já escreveu quatro músicas. "Adele está atualmente em um estúdio de gravação em Londres, e ficará bem ocupada nas próximas semanas. Quatro faixas  estão prontas em termos de escrita e ela agora estabelecce os vocais preliminares das músicas com os cantores de apoio. O resto do disco será feito em Los Angeles. Adele vai voltar às suas raízes, com um pouco de jazz moderno e um par de velhas canções clássicas", disse ainda a fonte.

Liam Gallagher descarta reunião do Oasis: "só por 30 milhões"

Liam garantiu que a separação do Oasis não é um golpe de marketing Foto: BangShowBiz / BangShowBiz
Liam garantiu que a separação do Oasis não é um golpe de marketing
Foto: BangShowBiz / BangShowBiz
Atual líder do Beady Eye, Liam Gallagher afirmou que não tem nenhuma intenção de reunir o Oasis. Segundo ele, são infundadas as especulações de que sua antiga banda com o irmão Noel Gallagher teria se separado apenas para fazer um retorno triunfal e atrair os holofotes. “Eu não mudarei (a opinião) por uma mer** de um milhão de libras. Eu poderia fazê-lo por 30 milhões de libras", disparou Liam. As informações são do site NME.

“Preste atenção, isso vai acontecer quando tiver que acontecer, mas não é a po*** de um jogo, é um negócio real. Leio um monte de gente dizendo coisas como ‘ah, é só um jogo, não é? Assim eles podem arrecadar mais alguns zeros em seu grande retorno’. Mas eu continuo eu e ele (Noel) continua ele”, acrescentou o vocalista.

Liam ainda afirmou que sua paixão pela música e por estar no Beady Eye é o que realmente irá matá-lo um dia. “Eu não vou morrer de uma overdose de droga ou de uma mer** de alcoolismo. Eu vou morrer de viver, respirar e ser uma banda. Não será por cheirar uma carreira ou beber algum drink estranho”, garantiu o músico.

Ainda de acordo com o site, Liam foi visto no fim de semana passado em um pub em Londres. Ele, que teria gasto 300 libras, bebeu espumante e uísque, além de terminar a noite tentando cavalgar em um cachorro.

Michel Teló leva dois prêmios no Billboard da Música Latina

O cantor Michel Teló venceu nesta quinta-feira em duas das sete categorias em que concorria no Prêmio Billboard da Música Latina, entregue em Miami e que teve a cantora mexicana Jenni Rivera, falecida no ano passado, como a principal laureada.
O brasileiro foi premiado por Música do Ano e Música Pop do Ano por "Ai se eu te pego". Ele também subiu ao palco junto ao colombiano Carlos Vives para interpretar "Cómo le gusta a tu cuerpo".
Teló, o único artista brasileiro indicado à premiação, concorria também nas categorias Novo Artista, Artista em Redes Sociais, Artista Pop, Música Digital e Música em Rádio.
Falecida em novembro de 2012, em um acidente aéreo, Jenni Rivera foi eleita a Artista do Ano, além de ter conquistado vários dos prêmios mais importantes.
Outro destaque da cerimônia foi o cantor portorriquenho Don Omar, premiado em dez das 18 categorias em que fora lembrado, entre elas Artista Masculino.
Enrique Iglesias e Jennifer López levaram a láurea por Turnê do Ano, pelo tour que passou por 18 cidades dos Estados Unidos e Canadá.
Outro expoente da música latino-americana, a colombiana Shakira foi reconhecida nas categorias Artista em Redes Sociais e Artista Feminina.

Tribunal russo nega habeas corpus a integrante da banda Pussy Riot

Um tribunal russo rejeitou nesta sexta-feira a concessão de habeas corpus a uma artista da banda punk Pussy Riot para que ela pudesse cuidar da sua filha.
Há oito meses, Nadezhda Tolokonnikova foi condenada a dois anos de prisão por ter participado de um protesto da banda contra o presidente russo, Vladimir Putin, na principal catedral ortodoxa de Moscou.
A artista, de 23 anos, cumpre pena por "vandalismo motivado por ódio religioso" em uma colônia penal a cerca de 550 quilômetros da capital.
"Já passei tempo suficiente na colônia prisional. Já chega de estudá-la. Meio ano já é o bastante", disse Tolokonnikova, estudante de filosofia, ao juiz durante a audiência, segundo a agência de notícias jurídicas Rapsi.
Irina Khrunova, advogada da ré, alegou que a filha dela, de cinco anos, precisava dos cuidados da mãe.
Tolokonnikova e duas colegas, Maria Alyokhina e Yekaterina Samutsevich, foram sentenciadas em agosto, após um julgamento amplamente apontado no exterior como sendo parte de uma campanha repressiva de Putin contra dissidentes. Samutsevich foi posteriormente libertada.

Lenda da música country George Jones morre aos 81 anos

A lenda da música country George Jones, cantor de hits como "She Thinks I Still Care" durante uma carreira de mais de meio século, faleceu nesta sexta-feira aos 81 anos, informou seu agente.
Ele faleceu no Centro Médico da Universidade de Vanderbilt, em Nashville, Tennessee, oito dias após ser internado no hospital com febre e problemas de pressão arterial, informou o Webster and Associates em seu site.
Casado de 1969 a 1975 com Tammy Wynette, a cantora de "Stand By Your Man" que morreu em 1998, Jones emplacou seu primeiro sucesso em 1959 com "White Lightnin", que liderou as paradas da Billboard por cinco semanas.
A vida pessoal de Jones, nativo do Texas, foi por muito tempo permeada pelas drogas e pelo álcool, mas ele apontava seu casamento com Nancy Ford Sepulvado, em 1983, como o responsável por voltar a colocar a sua vida e a sua carreira nos trilhos.
No ano passado, Jones anunciou uma turnê de despedida que deveria terminar em novembro deste ano, com um show em Nashville com a presença de diversos astros country, incluindo Garth Brooks, Randy Travis, Charlie Daniels e Kenny Rogers

25 de abril de 2013

HOJE FOI O LANÇAMENTO DO CD DO DJ GILVA SILVA DO BREGA CONFIRA :]

CD COMPLETO PARA DOWNLOAD '

CD - DJ GILVAN SILVA DO BREGA 2013

CD - DJ GILVAN SILVA DO BREGA 2013 Dj Gilvan Silva - 1.001 Mutivos
www.4shared.com/mp3/GM-cTn7Q/Dj_Gilvan_Silva_-_1001_Mutivos.html
Dj Gilvan Silva - Acabou
www.4shared.com/mp3/NByVqzcG/Dj_Gilvan_Silva_-_Acabou.html
Dj Gilvan Silva - Agora Não Da Mais
www.4shared.com/mp3/G_2ZOFNj/Dj_Gilvan_Silva_-_Agora_No_Da_.html
Dj Gilvan Silva - Fim Da Linha
www.4shared.com/mp3/S90X0-M8/Dj_Gilvan_Silva_-_Fim_Da_Linha.html
Dj Gilvan Silva - Não Da Pra Perdoar
www.4shared.com/mp3/lJ4BkFbc/Dj_Gilvan_Silva_-_No_Dar_Pra_P.html
Dj Gilvan Silva - Quer Vim ? Venha !!
www.4shared.com/mp3/FkoHkWcs/Dj_Gilvan_Silva_-_Que_Vim_Venh.html
Dj Gilvan Silva - Sofro De Mais
www.4shared.com/mp3/b9UFeTgF/Dj_Gilvan_Silva_-_Sofro_De_Mai.html
Dj Gilvan Silva - Sou O Filho Do Patrão
www.4shared.com/mp3/OLw8ZLzS/Dj_Gilvan_Silva_-_Sou_o__Filho.html
Dj Gilvan Silva - Deixa Disso Novinha
www.4shared.com/mp3/VnvubN__/dj_gilvan_silva_-_deixa_disso_.html
Dj Gilvan Silva - Homen Não Trai - Resposta Mulher Não Trai
www.4shared.com/mp3/n_mSCGLw/dj_gilvan_silva_-_homen_no_tra.html
Dj Gilvan Silva - Que Camaro Oque !
www.4shared.com/mp3/fRJbN5AP/dj_gilvan_silva_-_que_camaro_o.html
Dj Gilvan Silva - Quero Beber
www.4shared.com/mp3/idV3oyit/dj_gilvan_silva_-_quero_beber.html
Dj Gilvan Silva - Se Voce Quer
www.4shared.com/mp3/dRLQSjLQ/Dj_Gilvan_Silva_-_Se__V_c_Quer.html
Dj Gilvan Silva - Filnal De Semana
www.4shared.com/mp3/XhDFRusA/Dj_Gilvan_Silva_-_Final_De_Sem.html
Dj Gilvan Silva - Que Camaro Oque ! Vesão CARNAVAL - BONUS
www.4shared.com/mp3/O-APQ3ek/dj_gilvan_silva_-_que__camaro_.html

Mark Wahlberg vai reunir grupo de rap por vítimas de Boston, diz site

Segundo TMZ, ator nascido na cidade quer tocar com The Funky Bunch.
No início dos anos 1990, ele cantava hip hop e assinava Marky Mark.


Mark Wahlberg (Foto: Divulgação/Divulgação) 
Mark Wahlberg (Foto: Divulgação)

O ator Mark Wahlberg pretende se reunir ao seu antigo grupo de rap para arrecadar dinheiro para as vítimas do atentado em Boston, que aconteceu no início da semana passada.
A informação é do TMZ. Segundo o site de celebridades, Wahlberg – que antes de se dedicar ao cinema era cantor de hip hop e assinava Marky Mark – quer se encontrar com os companheiros do The Funky Bunch.
O astro de filmes como "Boogie Nights – Prazer sem limites" (1997) e "Ted" (2012) nasceu e foi criado em Boston. A reportagem informa também que, em março, os integrantes do Funky Bunch disseram ao TMZ que uma possível reunião do grupo seria "incrível".
O Marky Mark and the Funky Bunch lançou dois discos: "Music for the people" (1991) e "You gotta believe" (1992). "Good vibrations" e "Wildside" são alguns dos singles mais populares do grupo.

Diretor de 'Senna' fará documentário sobre Amy Winehouse, diz site

Segundo a 'Variety', filme será negociado durante festival de Cannes.
'Todos caíram sob seu feitiço', afirmou cineasta, em comunicado.


Amy Winehouse: pai vai lançar disco (Foto: Divulgação) 
A cantora Amy Winehouse (Foto: Divulgação)

O diretor britânico Asif Kapadia, de "Senna" - filme vencedor do Bafta sobre o piloto brasileiro da Fórmula 1 -, está desenvolvendo um documentário ainda sem título sobre a cantora Amy Winehouse, segundo o site da revista "Variety".

Junto com a Focus Features, o cineasta negociará o projeto com possíveis compradores durante o festival de Cannes, que acontece em maio. O longa será coproduzido pela Universal Music.

"Este é um filme incrivelmente moderno, emotivo e relevante, que tem o poder de captar o espírito da época e acender uma luz sobre o mundo em que vivemos, de uma maneira que poucos filmes conseguem", afirmaram Kapadia e o produtor James Gay-Rees, em comunicado oficial.

"Amy era um talento único de uma geração, que capturou a atenção de todos, ela escreveu e cantou com o coração e todos caíram sob seu feitiço. Mas, tragicamente, Amy parecia desmoronar sob a implacável atenção da mídia, seus relacionamentos conturbados, seu sucesso mundial e estilo de vida precário", completam.

Winehouse morreu intoxicada por álcool em 2011, aos 27 anos, apenas cinco anos após ganhar fama internacional com o disco "Back to black".

Fall Out Boy supera Kid Cudi na disputa por liderança na Billboard

25/04/2013 05:36

Fall Out Boy supera Kid Cudi na disputa por liderança na Billboard

  •  
  •  
A banda de rock norte-americana Fall Out Boy lidera a lista Billboard 200 desta semana, divulgada na quarta-feira, superando o rapper Kid Cudi.
"Save Rock and Roll" vendeu 154 mil cópias na sua semana de lançamento e se tornou o segundo dos cinco álbuns da banda a liderar a lista, segundo dados da Nielsen SoundScan. "Indicud", de Kid Cudi, vendeu 136 mil cópias na sua primeira semana.
A banda Paramore, que liderou a lista na semana passada com o álbum homônimo, despencou para 12º lugar.
"The 20/20 Experience", do artista pop Justin Timberlake, e "Based on a True Story", do cantor country Blake Shelton, se mantiveram respectivamente na terceira e quarta posição.
"Mosquito", quarto álbum do trio de rock alternativo Yeah Yeah Yeahs, estreou em quinto lugar.
(Reportagem de Eric Kelsey)

Após "Efeito Tropa" e saída de integrante, Tihuana lança novo CD

25/04/2013 05:44

Sucesso de faixa em filme de José Padilha ajudou banda a sobreviver ao declínio do rock nacional, e agora o Tihuana se prepara para voltar à cena

Tihuana fala sobre novo CD e sucesso de 'Tropa'
Tihuana fala sobre novo CD e sucesso de 'Tropa'

O encontro estava marcado para uma terça-feira em um estúdio de gravação no bairro paulistano da Lapa, zona oeste da capital. O motivo era registrar o ensaio de uma banda –outrora famosa – e conversar com seus quatro integrantes. Após sete anos de hiato, o quarteto tinha acabado de finalizar a gravação de seu sexto disco de estúdio, Agora É Pra Valer, que tem seu lançamento ainda nesta semana. A expectativa era encontrar uma banda veterana, lutando para voltar ao sucesso que fora alcançado 10 anos antes. A realidade mostrou um grupo que passou os últimos anos mais distante dos holofotes, mas o Tihuana não é, definitivamente, uma banda que definhou nesse período.

Cadê o rock universitário?
Egypcio Vocalista do Tihuana
A agenda de shows diminuiu, mas seguiu com consistência. A banda perdeu um de seus integrantes, o percussionista Baía, que trocou o rock pela música eletrônica “A verdade é que o Baía traiu o rock”, brinca o baixista Román. A “saída foi completamente amistosa. Nós torcemos muito por ele e sabemos que ele torce muito pela gente”, completa o vocalista Egypcio. Mas tirando um ou outro contratempo, o Tihuana talvez tenha sido uma das poucas bandas de sua geração que sobreviveu bem ao declínio do rock nacional nos últimos anos.

O gênero perdeu canais importantes de divulgação. A penetração e a relevância da MTV diminuíram. Rádios voltadas ao rock mudaram drasticamente suas programações. O Raimundos perdeu Rodolfo e, com isso, sua força. No Charlie Brown Jr., apenas Chorão ficou o tempo todo na formação. O emocore de CPM 22 e NX Zero evoluiu (ou regrediu?) para o rock colorido de Restart. E o funk e o sertanejo universitário preencheram o vácuo deixado. Enquanto isso, o Tihuana seguiu em frente. “No Tihuana, eu percebo nitidamente que de quatro em quatro anos o público se recicla. E sinto que tem uma ou duas gerações que a gente perdeu, o rock perdeu. Já ouvi adolescentes dizerem que não gostam de rock.”

Tihuana grava 'Tropa de Elite' para o Terra

Se, apesar dos percalços do mercado, o Tihuana sobreviveu, o agradecimento vai em parte para outra expressão artística: o cinema. A banda nasceu em 1999 em São Paulo depois que Léo (guitarra), Román (baixo), Baía (percussão) e PG (bateria) decretaram o fim de sua antiga banda Ostheobaldo. Com Egypcio nos vocais, o grupo se batizou Tihuana e já de cara encarou o sucesso. No primeiro disco, Ilegal (2000) o quinteto viu quatro de suas 12 faixas pararem nas rádios: Praia Nudista, Pula!, Que Ves? e Tropa de Elite. Esta última seria a responsável por colocar o Tihuana de volta nas paradas quase 10 anos após seu lançamento.
Egypcio, vocalista do Tihuana Foto: Marcelo Pereira / Terra
Egypcio, vocalista do Tihuana
Foto: Marcelo Pereira /

No começo de 2007 a produtora do cineasta José Padilha entrou em contato com a banda para pedir autorização para usar a música em um filme sobre o Bope, estrelado por Wagner Moura. “Essas eram as informações que a gente tinha. Mas isso caiu no esquecimento, até a metade do ano quando meu irmão me ligou e disse que tinha visto um filme chamado Tropa de Elite e que a nossa música entrava bombando”, relembra Román. O sucesso da música funcionou como um desfibrilador que jogou a banda de novo sob os holofotes e ajudou o grupo a gravar um DVD ao vivo. Na gravação, a faixa ainda ganhou reforço do rapper e ator André Ramiro que interpreta um policial do Bope no filme.

Veja 'Tropa de Elite' apenas na bateria

“O curioso é que nós não fizemos a música pensando na polícia. Na letra, a tropa de elite somos nós, a banda, que estava chegando para tomar a cena de assalto. Era uma coisa de banda iniciante”, explica Egypcio. Nenhum dos quatro se arrisca a escolher um predileto: a faixa ou o filme. Para Román, “a música fez sucesso porque o filme é muito bom, mas acredito que se ela não fosse boa ela ia passar batido. Ali juntou a fome com a vontade de comer.” Léo avalia o caso de forma mais filosófica: “a minha música deu nome ao maior sucesso cinematográfico do país”.

Román, baixista do Tihuana Foto: Marcelo Pereira / Terra
Román, baixista do Tihuana
Foto: Marcelo Pereira / 
Mas o “Efeito Tropa” passou, e a banda agora mira novos alvos. E a munição vem de Agora É Pra Valer, o novo disco e sua primeira música de trabalho é Minha Rainha. A faixa segue a receita que consagrou a banda: guitarradas tropicais e uma letra escrachada cheia de eufemismos. E a participação de Digão dos Raimundos. Uma faixa um pouco datada sim, mas que finca o pé sobre de onde vem a banda: a geração roqueira da segunda metade da década de 90.

Ainda assim, a tarefa não é fácil. “O espaço do rock está realmente um pouco pequeno. Tem o sertanejo universitário, o forró universitário... Cadê o rock universitário?”, questiona Egypcio. Enquanto essa nova geração cobrada por ele não aparece, o Tihuana se coloca a disposição para ser a alternativa. E por enquanto, o quarteto parece bastante à vontade com essa função.
Tihuana grava 'Que ves?' para o Terra
Tihuana grava 'Que ves?'
25/04/2013 06:01

Jessie J sensualiza em coreografia para nova música

  •  
  •  
Jessie J está trabalhando em um novo single, que estará no seu segundo álbum, que deve ser lançado ainda este ano. A cantora, que atualmente é jurada da versão inglesa do The Voice, fez suspense e postou uma parte de uma letra da música e uma foto.

Na imagem, ela aparece sensualizando ao trabalhar em uma coreorgrafia para o single. "If this is a dream, won't open my eyes. Am I asleep? No, I'm alive", escreveu na legenda. Em tradução livre, algo como: "se isto é um sonho, não abra meus olhos. Eu estou dormindo? Não, eu estou viva".

24 de abril de 2013

Antes de show, Rihanna aparece só de calcinha em foto

Rihanna postou uma foto no camarim de seu show em Atlanta, nos Estados Unidos Foto: Instagram/ / Reprodução
Rihanna postou uma foto no camarim de seu show em Atlanta, nos Estados Unidos
Foto: Instagram/ / Reprodução
Antes de se apresentar em um show em Atlanta, nos Estados Unidos, na noite da última segunda-feira (22), Rihanna postou em seu perfil no Instagram uma foto em que aparece apenas de calcinha e com uma toalha cobrindo os seios. Na imagem, o maquiador da cantora está ajeitando seu cabelo.

Os recentes cancelamentos de shows sob a justificativa de estar doente, aliados a viagens para consultas médicas em Los Angeles na última semana, levaram a imprensa norte-americana a especular sobre uma possível gravidez de Rihanna. Além disso, também não se sabe se ela, que havia reatado com Chris Brown no final de 2012 após anos separados - desde que o rapper foi preso em 2009 por agredi-la -, segue namorando com o rapper, já que no início do mês proliferaram na imprensa notícias de que os dois haviam terminado.

Zeca Pagodinho tem alta, mas precisará de fisioterapia

O cantor passa bem Foto: Daniel Ramalho / Terra
O cantor passa bem
Foto: Daniel Ramalho / 
O cantor Zeca Pagodinho teve alta nesta terça-feira (23) da Casa de Saúde São José, no Humaitá, no Rio de Janeiro. Ele estava internado em observação desde a última segunda (22), com dores na coluna. 

O cantor passa bem, mas precisará fazer fisioterapia, conforme afirmou a assessoria de imprensa do hospital.

Recentemente, ele lançou o CD e DVD Vida Que Segue, no qual interpreta 19 clássicos do samba. Na ocasião do lançamento, ele se disse constrangido por não poder pedir cerveja. “Tomei injeção, estou ruim da garganta, me vê uma água. É só hoje, até eu me vejo constrangido em fazer esse pedido. São ordens médicas. Mas se der bobeira, vou abrir uma escondido”, contou.

TV norueguesa faz fãs de Bieber se "converterem" e irrita muçulmanos

Adolescentes vestiram hijabs e recitaram passagens falsas do Alcorão durante o programa Foto: Vimeo / Reprodução
Adolescentes vestiram hijabs e recitaram passagens falsas do Alcorão durante o programa
Foto: Vimeo / Reprodução
A rede de televisão norueguesa 7Days se recusou a pedir desculpas oficiais após um quadro considerado ofensivo por grupos muçulmanos do país e do resto do mundo. Em contato com a Al-Arabya, Svein Tore, diretor do canal, afirmou que a Noruega é um país "onde há liberdade de expressão" e negou a retratação.

Um quadro do programa Anne-Kat causou polêmica na última semana por fazer com que garotas adolescentes, fãs do cantor Justin Bieber, se "convertessem" ao Islã para concorrer a ingressos do próximo show do músico em Oslo.

As participantes do concurso tiveram que tirar toda a maquiagem, vestir hijabs, recitar passagens falsas do Alcorão e dizer: "Justin Bieber é sujo e provavelmente gay".

O programa gerou imediata repercussão e, após ameaças às garotas e membros da emissora, vídeos relacionados foram retirados da internet.

Ainda assim, Tore mantém que a rede não se desculpará: "na Noruega as pessoas entenderam da forma correta - que foi apenas um quadro de humor".

Hærland, a apresentadora do programa, também não acha que uma retratação seja necessária. "Apenas queríamos ver até onde as fãs de Bieber poderiam chegar para conseguir um ingresso", disse.

No último ano, um filme independente americano e uma caricatura de Maomé em um jornal dinamarquês motiveram diversas manifestações islâmicas em todo o mundo.

22 de abril de 2013

Em último dia, público aproveita e se despede do Coachella

A edição deste ano do festival Coachella, um dos principais do mundo na atualidade, acabou neste domingo (21), com destaque para os shows do Red Hot Chili Peppers, Wu-Tang Clan, Disclosure e Nick Cave and the Bad Seeds. O eventou aconteceu em Indio, na Califórnia, Estados Unidos.

Também se apresentaram grupos como Vampire Weekend, Social Distortion, Tame Impala e The Lumineers. Numa área promovida por uma marca de bebidas alcoólicas, o público podia se refrescar em uma piscina.

Além das atrações musicais, o festival contou com a presença de famosos como Jessica Alba, Paris Hilton, Mischa Barton e outros.

Com o marido, Jessica Alba curte o festival Coachella

Ela foi fotografada apalpando o bumbum do amado durante os shows Foto: The Grosby Group
Ela foi fotografada apalpando o bumbum do amado durante os shows
Foto: The Grosby Group
Jessica Alva foi uma das celebridades que aproveitaram o festival Coachella, realizado em Indio, na Califórnia, Estados Unidos. A atriz de 31 anos esteve presente no último sábado (20), acompanhada do marido, Cash Warren.

A atriz Jessica Alba Foto: The Grosby Group
A atriz Jessica Alba
Foto: The Grosby Group

Rihanna exibe boa forma ao ser clicada em boate de Miami

No último domingo (21), Rihanna foi fotografada em uma boate com um grupo de amigos, em Miami, nos Estados Unidos. De short preto e top da mesma cor, a cantora mostrou a boa forma e exibiu a barriguinha sarada. 

Os recentes cancelamentos de shows sob a justificativa de estar doente, aliados a viagens para consultas médicas em Los Angeles na última semana, levaram a imprensa norte-americana a especular sobre uma possível gravidez de Rihanna. Além disso, também não se sabe se ela, que havia reatado com Chris Brown no final de 2012 após anos separados - desde que o rapper foi preso em 2009 por agredi-la -, segue namorando com o rapper, já que no início do mês proliferaram na imprensa notícias de que os dois haviam terminado.

21 de abril de 2013

Guilherme Arantes critica sertanejo e falta de amadorismo: estamos em crise

Arantes considera seu novo disco o "mais completo" de sua carreira e conta que adoraria ter outa música na trilha sonora de novelas

Guilherme Arantes se disse grato pelo sucesso da canção na novela 'Anjo Mau' Foto: Pedro Matallo / Divulgação
Guilherme Arantes se disse grato pelo sucesso da canção na novela 'Anjo Mau'
Foto: Pedro Matallo / Divulgação

Em seu novo disco, Guilherme Arantes retoma todos aspectos musicais que o fizeram popular nos anos 70 e 80 – mas, desta vez, como ele próprio define, sem ouvir “abobrinha” de nenhum produtor. Condição Humana foi gravado no estúdio Coaxo do Sapo, montado pelo próprio, e para Arantes é o “o álbum mais completo e mais com a cara” de todos que fez.

O cantor revela estar num dos momentos mais felizes de sua vida pessoal Foto: Pedro Matallo / Divulgação
O cantor revela estar num dos momentos mais felizes de sua vida pessoal
Foto: Pedro Matallo / Divulgação
O cantor diz que faz música “que nem passarinho faz o ninho”, e critica a “falta de amadorismo” da música atual. “A palavra profissionalismo desvirtuou um pouco a necessidade de amar o que estão fazendo”, opina. 

Aos 61 anos de idade e morando na Bahia, o paulistano conta que está em um dos momentos mais felizes de sua vida pessoal. Elogia o funk e critica o sertanejo (“é obsceno ficar rico assim”) e chama a zona franca de Manaus de “podre”. E parece ter encontrado seu próprio tom na indústria musical: não pretende vender muito, mas tenta dar qualidade aos fãs. Mas confessa: queria que outra música sua fizesse sucesso em uma novela, como aconteceu em Anjo Mau (novela exibida na TV Globo em 1997). “Hoje eu tenho uma visão positiva da humanidade, mas não deixa de ser crítica”.

Veja a entrevista na íntegra:

- Em seu site, você fala que resgatou um pouco da sua pegada anos 70 e 80, que não ouviu "abobrinha" de nenhum produtor para fazer esse disco. O resultado é a sua música verdadeira?
Eu nunca tive as condições que esse disco me ofereceu, técnica e o domínio de não depender de produtor de estúdio, direção artística, que hoje eu enxergo que foi uma coisa que marcou uma época da música. Deu pra ter uma visão mais holística do disco, do que as pessoas queriam. E eu descobri que as pessoas queriam que eu voltasse ao som típico da minha geração, de um momento. São músicas melódicas e umas letras com o meu estilo direto de falar, e acabou saindo um disco basicão, bem firme, com pé no chão. É o mais completo e mais com minha cara de toda minha historia. É o melhor porque as músicas são melhores, eu tive mais tempo para juntar as migalhas e fazer um bolo mais substancioso. 
As pessoas queriam que eu voltasse ao som típico da minha geração

- Todo seu disco está disponibilizado no site. Como é fazer música nos tempos modernos?
É que nem eu ponho no texto. Eu tinha escrito que a gente faz música que nem o passarinho faz o ninho, por mais que tenha coisas pré-fabricadas, a gente nasceu pra fazer aquilo. É como parte da condição humana, eu não nasci pra ficar sem fazer disco, não tem condição. As pessoas novas estão fazendo música e obtendo coisas pequenas. É uma moçada que tem o idealismo. A arte está precisando resgatar o amadorismo, no sentido de quem ama, a palavra profissionalismo desvirtuou um pouco a necessidade de amar o que estão fazendo. Quando fala de música, cinema, balé, tem que ter paixão. O mundo tem paixão para as pessoas serem apaixonadas pelo que fazem. Comercialmente pode não correr da forma que queremos, mas pelo menos o seu amor se cumpriu. Estamos em época de crise, de valores, muita gente, passa por um mundo convulsionado, difícil de viver. Falta amor e amadorismo nas pessoas.
A arte está precisando resgatar o amadorismo, no sentido de quem ama


- Você fala em visão de estranhamento e incômodo numa "sociedade que até às vezes parece evoluir para a felicidade geral" e letras carregadas de "náusea". E, ao mesmo tempo, as músicas são felizes...
A minha mulher fala que o disco está muito pra cima. Mesmo sendo reflexivo ele está pra cima... É um momento que estou vivendo, não é cáustico, mas consegue ser crítico. Acho que é bom, talvez por estar mais feliz na minha vida pessoal, tranquilo, sossegado e alegre, positivo e colorido. Não é uma coisa que tá em branco e preto. O fato de fazer o (estúdio) Coaxo do Sapo e ter filho... Eu me sinto amando a música – um sonho da música que a gente não pode deixar morrer. Não pode ficar preso do marketing, da divulgação da indústria, do dinheiro. Nós não fizemos música pra ficar milionário – Arnaldo Antunes, eu, Zeca Baleiro. É diferente de um sertanejo universitário em que o fundamento é ficar milionário. A proposta é utilitária, desproporcional, é muita grana, meio milhão por show.  A gente passa achar ridículo, é uma retribuição ridícula, é obsceno ficar rico assim. 
Não tenho vaidade de vender muito. Mesmo quando eu estava no ápice, o máximo que consegui foram 100 mil cópias

Não tenho vaidade de vender muito, quero ser vendedor de qualidade. Mesmo quando eu estava no ápice,  o máximo que consegui foi 100 mil cópias. Hoje eu tenho uma visão positiva da humanidade, mas não deixa de ser crítica. 
Jovem corre de peito aberto sem receio. Depois fica velho e começa o processo de por o pé no freio


- O disco fala do tempo, e você diz se sentir novo como se tivesse 20 anos. É verdade? E a maturidade adquirida neste processo? Condição Humana é uma reflexão sobre sua maturidade?
É sobre a certeza da passagem do tempo. Eu olho com muito agradecimento o que tenho, o que consegui, marcar a vida das pessoas, os meus filhos. Me sinto na busca de aspirar o ar com cheiro do novo. Eu era um jovem desesperado, com 20 anos de idade eu tinha urgência . Jovem corre de peito aberto sem receio. Depois fica velho e começa o processo de por o pé no freio, ter mais religiosidade – porque está com cagaço de morrer – mas aí vive só para o cagaço, pra se manter na terra.


 - Uma de suas músicas, Meu Mundo e Nada Mais, estourou na novela Anjo Mau. Como você viu isso na época e como vê atualmente? Gostaria de mais um sucesso em alguma trama global? (quais são os pontos positivos e negativos disso?)
Eu gostaria que tivesse mais uma novela com música minha. A repercussão acaba ampliando o espectro do público, mais fãs, eu sonho ter uma música forte em novela. Eu sou muito grato pelo que aconteceu. Demos muita sorte com o tema. É uma delicia você pegar um tema forte e conseguir atender uma demanda, para o cinema também. Ter música no cinema é barbado, como em Garota Dourada (1984). Quanta gratidão! Fiz por alegria, não cobrei nada. As coisas que fazemos assim – por prazer – ficam pra sempre.   


 - Qual sua opinião sobre pirataria?
Eu acho que me incomoda é a tributação do CD, é criminosa, o governo não precisa desse dinheiro. Podia liberar como liberou o livro. Sarney conseguiu com a lei Sarney zera a tributação do livro e ai você entra numa livraria cultura e vê o resultado, o setor editorial chegou a engolir o mercado fonográfico, é um absurdo.  Se fosse parlamentar... Ah, não tenho saco pra me chamarem de vagabundo, não estou afim. O politico lida com o a possibilidade do mal, o que não quero lidar. Com analogia ao livro faria algo pra acabar a tributação do CD. A quem interessa essa tributação. A bancada da zona franca de Manaus, que é uma bancada podre. Ele mantém pra terem isenção na região deles. São podres de rico fabricando eletroeletrônicos na Amazônia. Como diz Boris Casoy: é uma vergonha.  Mas não tenho raiva da pirataria – é fruto de uma tributação equivocada. 
A bancada da zona franca de Manaus é podre

- O que acha dos artistas de hoje? Sertanejo, funk, etc? Que músicas você escuta?
Adoro funk, não sou contra, o funk carioca tem uma coisa única, pegada incrível, pegada sexual – pegada do Eros. A coisa erótica é altamente positiva pra a sociedade. O funk serve como um remédio pra a garotada no sentido que estão se esfregando e dançando, eles não estão se matando e pitando crack. Eles estão cultivando uma coisa sagrada do ser humano. É o mais próximo do divido é a sexualidade. É muito especial, tem um batidão forte. É que nem Gaby Amarantos com a guitarrada, o Brasil é um País de festa, tem que ser isso A gente não pode perder essa alma festeira. O mundo quer isso avidamente – nosso amor, alegria, vitalidade, mulher, a carne. Tem que ter respeito. Eu só acho o sertanejo muito armada, não tem muita naturalidade. Tem deputado empresário por trás, não tem espontaneidade da cena de Belém, do hip hop, funk e rap. Não gosto dessa maquinação. 
A coisa erótica é altamente positiva pra a sociedade. O funk serve como um remédio


- Há canções de amor no disco. O que te inspira para escrevê-las?
Amor é uma fartura transformadora da vida. É o lado mais imponderável, profundo emotivo. O que me leva é que eu sou amoroso, com os filhos e mulher, são super carinhosos. Você vê a contrapartida, os filhos que foram criados com amor, os filhos vao seguir nessa mesma cartilha. Mesmo que errando, você nunca vai se arrepender, por amor. Menos matar por amor, porque não se justifica.

Em SP, Paralamas comemora 30 anos de carreira: "não imaginávamos"

Herbert Vianna se declarou para a plateia  Foto: Fernando Borges / Terra
Herbert Vianna se declarou para a plateia
Foto: Fernando Borges /



Em turnê comemorativa aos 30 anos de carreira, o Paralamas do Sucesso tocou na capital paulista no sábado (20), no Espaço das Américas, que foi ocupado por fãs dançantes e animados. A apresentação, que começou com meia hora de atraso porque o público ainda fazia filas para entrar no local, teve 1h50 de duração e contou com declaração de Herbert Vianna aos paulistanos. “Não imaginávamos que viríamos o brilho nesses olhares fervorosos depois de 30 anos. Talvez daqui 30 a gente consiga repetir”, disse o vocalista da banda formada no final dos anos 1970, no Rio de Janeiro.

“Uh! É Paralamas!”, gritavam os fãs ensandecidos para receber Vianna, Bi Ribeiro e João Barone, acompanhados dos músicos de apoio Monteiro Jr. (saxofone), Bidu Cordeiro (trombone) e João Fera (teclado). Às 22h30 e sem falar com o público que lotava a casa, a banda começou com Alagados, faixa do álbum Selvagem?, de 1983.

Com imagens e vídeos da carreira projetados no telão, o trio embalou vários hits que marcaram a trajetória da banda, em versões mais compactas e emendadas. “Muito boa noite, rapaziada”, disse Vianna em seu primeiro contato com o público, para na sequência puxar com sua guitarra a canção Patrulha Noturna, do disco de estreia do Paralamas, Cinema Mudo, de 1983.

Ska, de O Passo do Lui (1984), veio em seguida, com imagens tropicais projetadas no telão, completando a forte presença dos metais na faixa – o sax de Monteiro Jr. e o trombone de Bidu Cordeiro, aliás, não deixaram passar despercebido o flerte do Paralamas com o ska.

Depois de Selvagem, veio uma surpresa: a versão do trio para Whole Lotta Love, canção do Led Zeppelin que o Paralamas costumava apresentar no início da carreira. O Calibre, Mensagem de Amor e Cuide Bem do Seu Amor vieram na sequência, com os fãs cantando em coro.

Repleta de hits, a banda optou por tocar versões compactas das canções, talvez como forma de não deixar o público carente no final da apresentação. Nesse ritmo, foram emendadas Saber Amar, Romance Ideal e Quase um Segundo, além de Como Uma Onda, sucesso de Lulu Santos nos anos 1980.

Apesar de animado durante todo o show, o público não poupou nos gritos e pulos com Meu Erro e Óculos, ambas do disco O Passo do Lui. A última, aliás, contou com um improviso de Vianna, que substituiu o trecho “Por trás dessa lente também bate um coração” por “Em cima dessas rodas também bate um coração”, arrancando aplausos dos fãs – Vianna sofreu um acidente de ultraleve em 2001 que o deixou paraplégico.

Para a intimista Lanterna dos Afagados, o palco ficou escuro e inspirou vários casais a dançarem abraçados. Na Pista e Meu Sonho vieram em seguida, mas Ela Disse Adeus, do álbum Hey Na Na (1998), levantou o público de novo. A versão para Você, de Tim Maia, manteve ainda os fãs empolgados.

Parceria entre o Paralamas e Gilberto Gil na década de 1980, a faixa A Novidade também teve seu espaço na apresentação, seguida por Melô do Marinheiro, que fez todos cantarem em coro. “Já estão cansados?”, provocou Vianna, para receber um grande “não” da plateia como resposta, e entoar Uma Brasileira. Para finalizar a faixa, foi feito ainda um pot-pourri com a canção Exodus, de Bob Marley.

O Beco e Lourinha Bombril também foram interpretadas antes de Vianna levantar sua guitarra em reverência e deixar o palco. Após alguns instantes, no entanto, ele voltou e fez um longo discurso de agradecimentos aos fãs presentes. Aonde Quer Que Eu Vá e Caleidoscópio deram sequência à apresentação.

Vital e Sua Moto e Que País É Este, canção da Legião Urbana que também foi gravada pelo Paralamas, finalizaram a apresentação, que teve seu término às 00h20. Cheios de energia, os fãs continuaram gritando “Uh! É Paralamas” já com as luzes acesas, quando o trio e seus músicos de apoio se abraçaram para reverenciar aos presentes e deixaram o palco satisfeitos.

20 de abril de 2013

DJ GILVAN SILVA DE VOLTA '''

O DJ GILVAN SILVA ORIGINAL COMO É CONHEÇIDO RETORNA NO AR AGORA EM UMA RADIO WEB COM UM PROGRAMA NOVO 

 

ESTREIA HOJE O PROGRAMA HOT STACION AQUI NO STUDIO J.CASTOR AS 15 :00 

TODO MUNDO CONVIDADO A PARTICIPAR ' E FACIO E SO FICAR LIGADINHOS !!  TEM VARIAS NOVIDADES !  VC'S NÃO PODEM PERDE !!

         

  '' MINHA HISTORIA MINHA VIDA '-

ESTE SOU EU !!!

 

 

TRABALHANDO EM  MEIO DE COMUNICAÇÃO


DESDE 2003


TENHO 11 ANOS DE COMUNICAÇÃO


AGRADEÇO A DEUS POR TUDO QUE EU TENHO
 E TAMBEM AOS MEUS AMIGOS QUE EU CONQUISTEI '-
POR ONDE EU PASSEI .


RÁDIOS ------------ '-

 

RADIO - GAZETA FM 93,3 - EM 2003

RADIO COLINAS FM 97,7 - EM 2005

RADIO - (105 FM) -  EM 2007

RADIO - VENEZA FM 93,3 RECIFE - EM 2009

RADIO - GRAVATÁ FM 92,3 - EM 2010

RADIO - SINTONIA FM 100,3 - EM 2011

RADIO - CLIMA FM 98,5 - EM 2012

RADIO - NOVA FM 106,7 - EM 2013







COMUNICAÇÃO VOLANTE ---------


JOÃO PAULO PUBLICIDADE
DISCO SOM PUBLICIDADE
TRIO POPULAR DE GRAVATÁ - J.N -

 

 

--- SITE'S E PORTAIS


PORTAL GN - 


NOTICIAS G3 -  O PORTAL  DE NOTICIAS DE GRAVATÁ 

 

STUDIO J.CASTOR -




 

HOJE EM DIA ------------


COMPUS 16 MUSICAS ----
 NÃO SOU UM CANTOR NÃO FIZ AULA DE CANTO MAIS CANTEI MESMO ASSIM

TRABALHO COM SITE'S DE NOTICIAS BOM COMO JA FOI DITO ' NA ATUALIDADE  ESTOU COM STUDIO J.CASTOR & TAMBÉM COM O NOTICIAS G3 

TAMBÉM TENHO VARIOS PROJETOS PARA 2013  

 

E HOJE ''

SOU UM DOS DJ's MAIS CONHECIDO
DE GRAVATÁ -

PERNAMBUCO

( Dj GILVAN SILVA ORIGINAL - É BEM MELHOR )

 SÓ TENHO A AGRADEÇER A DEUS POR TUDO

ESTE SOU EU -'-


-MINHA IDADE - TENHO 20 ANOS - DE PROFISSÃO 11 ANOS --

-MEU ESTILO DE MUSICA  PREFERIDO -  Uplifting Trance  -  VOCAL TRANCE

-TIPO DE FILME PREFERIDO - TERROR - SUSPENSE - AÇÃO --

 

 

- NUMERO PARA CONTATO -

(81) 8916-6610 ou 9452-9221 CLARO --

ou


- audiomixestudio2012@hotmail.com


VAMOS EM FRENTE QUE A ESTRADA E LONGA

E TEMOS QUE CAMINHA

19 de abril de 2013

MCs indicam funks para McCartney; ex-beatle busca 'energia' do estilo

Mark Ronson contou que Paul quer sonoridade do Bonde do Rolê. 

perguntamos a funkeiros quais sons devem ser ouvidos pelo cantor.


Paul McCartney também se apresentou no concerto final do Jubileu da rainha em Londres. (Foto: Joel Ryan/AP) 
Paul McCartney comentou que quer uma 'energia' de funk carioca em seu novo disco (Foto: Joel Ryan/AP)

O produtor Mark Ronson, que está trabalhando no novo disco de Paul McCartney, afirmou na quarta-feira (10) que o ex-Beatle está buscando um som que misture a energia do funk carioca com a de Usher. Em entrevista ao site da revista "Rolling Stone", ele disse: "Paul chegou um dia tocando uma coisa meio pós-Bonde do Rolê baile funk moombahton e perguntou: 'Como conseguimos esse tipo de energia?' E aí ele tocou 'Climax', do Usher, e falou: 'Eu amo como as partes sônicas aparecem nessa música'".
A pedido , alguns dos nomes mais conhecidos do funk brasileiro indicaram canções que podem ser uma boa influência para o novo repertório de McCartney. Veja a seleção abaixo e ouça as músicas que poderiam sacudir os mullets de Paul.
Marlboro
DJ Marlboro encerra primeira noite de shows do Viradão Carioca 2010 (Foto: Lucíola Villela/G1)


"Ela só pensa em beijar" - MC Leozinho
"Escolho Leozinho pela métrica, melodia, batida. Tem um violão, uma coisa mais pop. Seria uma ótima música pra ele se inspirar em fazer uma composição. Não dá para pegar o 'Lelek' e botar para ele, é radicalizar. Essa está mais dentro do contexto da proposta de um Beatle regravando com batida de funk. Eu não sabia disso! Não é sacanagem não, né? Beatles! Meus ídolos... Acho que é a melhor notícia do ano. Eu praticamente criei o funk. Ninguém pensava que fosse a lugar nenhum, quando fiz o primeiro disco de funk em 1989. Eu não achei que ia estar vivo para isso acontecer, mas sabia que ia acontecer."
Sany Pitbull
SANY PITBULL (Foto: Divulgação)



"Feira de Acari" - MC Batata
"Cerol na mão" - Bonde do Tigrão
"Rap da morena" - Willian e Duda
"Se não fosse o funk" - MC Marcinho
"O Paul se aproximar do funk é quase que natural, o Brasil está na moda e o nosso funk carioca está na vanguarda (muita gente gostando ou não). É natural as pessoas procurarem saber o que o Brasil consome e quando descobrem que aqui não tem só feijão preto e presidente Lula se encantam com o batidão. E se Roberto Carlos e Gal Costa podem, porque o ex-beatle não? Ja é, Paul!!! Vem que vem quicando na dança do passinho da favela. Minha escolha mostra elementos e vertentes diferentes do funk. Mister Paul vai ver que o funk não é modismo, tem vida própria."
Rômulo Costa, da Furacão 2000
RÔMULO COSTA FUNDADOR E DIRETOR DA PRODUTORA FURACÃO 2000 (Foto: Divulgação)


"Passinho do volante" - MC Federado e os Leleks
"É uma notícia sensacional para a música popular brasileira. O funk do grupo Federado e os Leleks, da Furacão 2000, é no momento a maior manifestação musical popular do Brasil. Musicalmente, é um lance completamente irreverente. Vai na contramão da batida "Sexy machine", base tradicional do funk carioca. O 'Aaaah lelek' introduziu um som puramente dançante, sem aquela sexualidade da 'máquina de sexo' de James Brown. Então, se o Paul quer envolver no próximo disco um trabalho dançante do funk carioca, nada melhor do que o som do 'Passinho do volante'."
Leozinho
MC LEOZINHO (Foto: Divulgação)


"Rap do Salgueiro" - Claudinho e Buchecha
"Ela é top" - MC Bola
"Dança sensual" - MC Koringa
"Depois do rei Roberto Carlos, o rei da musica mundial 'Sir Paul McCartney' se rende ao nosso som. Indico 'Cerol na mão', do Bonde do Tigrão, pelo uso dos sintetizadores, quando começa a tocar a galera já identifica e adora. A melodia do 'Rap do Salgueiro', de Claudinho e Buchecha, além de ser fantástica, é uma explosão de alegria. 'Glamourosa' é outra melodia fabulosa, só que usada na forma romântica, eternizada na voz do grande MC Marcinho. 'Tô tranquilão', do MC Sapão, tem uma energia maravilhosa; Entre as mais tocadas do funk atual sugiro 'Ela é top', do MC Bola, um funk temperado com samba; 'Toda gostosa', MC Leozinho; e 'Dança sensual', do MC Koringa."
Buchecha
Buchecha se apresenta neste domingo em praia catarinense (Foto: Lucíola Villela/G1)


"Rap da felicidade" - Cidinho e Doca
"Creio que 'Rap da felicidade', do Cidinho e Doca, seria a melhor opção. Mas, se o lance for funk melody, que tal ser 'Nosso sonho'? Esta música o Lulu Santos disse que queria ter composto. Ele adora e eu fiz pra uma fã, história verídica contada na música."
Pedro D'Eyrot, do Bonde do Rolê
BONDE DO ROLÊ (Foto: Divulgação)


"Treinamento do bumbum" - Bonde das Maravilhas
"Como eu me sinto de influenciar o 'Paulzinho'? Eu me sinto basicamente linda, a nova Linda McCartney. Acho que ele deveria ouvir o funk 'Treinamento do bumbum' e chamar a gente mais a Gang das Bonecas [grupo de dançarinos de funk] para dançarmos todos juntos essa ode ao 'derrière' em seus shows. Aliás, vou até telefonar a 'Paulzinho' e ver se ele topa embarcar nesta gostosa heresia conosco."
Danado
Mc Danado (Foto: Divulgação)


"Top do momento" - MC Danado
"Ele tem que ouvir 'Top do momento'. Ele deveria conhecer o funk de São Paulo, pois é a nova vertente do funk que já conquistou o Brasil todo, com luxo e ostentação."
Koringa


Mc Koringa (Foto: Divulgação / Mariana Ares)Mc Koringa (Foto: Divulgação / Mariana Ares)

''Rap do Salgueiro'' - Claudinho e Buchecha
''Glamourosa'' - MC Marcinho
"Tô tranquilão" - MC Sapão
"Acho que seria muito legal o Paul sentir a influência do funk melody, que é o que, na minha opinião, se adequaria mais à sua música - o beat mais marcado com o clássico 808, misturado com bons agudos do beat box, sem esquecer dos synts. Isso tudo pode ser encontrado nas minhas próprias musicas, que são produzidas por mim, e também na de grandes artistas como Mc Marcinho, Sapão e Buchecha."